Como evitar a ressaca depois de ter exagerado na bebida

Como aliviar o mal estar da ressaca em caso de excesso

A ressaca é a consequência mais comum dos exageros. Segundo o especialista, é preciso ingerir de cinco a sete doses dentro de um intervalo de quatro a seis horas. “Beber com o estômago vazio, ter dormido pouco e não beber água por muito tempo potencializam os efeitos da ressaca”, completa. A ressaca costuma tomar conta do corpo em um período de oito a 16 horas após a ingestão exagerada de álcool.

Dicas para aliviar a ressaca:

  • Alimentar-se antes de beber é a regra de ouro contra a ressaca. Estômago vazio não nem antes e nem durante a bebedeira.

 

  • Beba água antes, durante e, principalmente, depois da bebedeira. Antes de dormir, ingira bastante água. “Essa tática ajuda seu organismo a metabolizar o álcool enquanto você descansa. Se acordar para fazer xixi tome mais água. Além de hidratar seu corpo, ela ajuda a eliminar o álcool e livrar-se das toxinas”, ensina Cardoso.
Sugerimos também:  Sede no carnaval: Dicas pra folia saudável!

 

  • Consuma alimentos leves para não estressar ainda mais o organismo, como frutas e vegetais e deixe de lado molho branco, queijos amarelos alimentos muito condimentados e frituras.

 

  • Tome um polivitamínico e repositor mineral antes de beber e ao acordar.

 

  • Consuma ovos no dia seguinte porque eles contêm grande quantidade de cisteína, substância que ataca o acetaldeído (a toxina que causa a ressaca) na glutationa esgotada no fígado.

 

  • Comer bananas na manhã seguinte supre os eletrólitos perdidos como qualquer alimento, mas também reabastece especificamente o potássio perdido pelo efeito diurético do álcool. Outros alimentos ricos em potássio como o kiwi ou bebidas esportivas (isotônicos) também funcionam.

 

  • Descanse e durma, mesmo pequenas sonecas, porque o processo de cura melhora com você em repouso.
Sugerimos também:  Sede no carnaval: Dicas pra folia saudável!

Colaborado por Pablo Albuquerque | Fique de Boa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui