Como usar o repelente e o filtro solar no verão?

Aplique o repelente, inclusive , na roupa em locais de infestações

É durante verão, época de calor e muita chuva, que os mosquitos e pernilongos invadem nossa casa. Além do zum-zum-zum chato no ouvido, eles podem transmitir doenças como dengue, zika e febre amarela, criando um grande problema para nós. Algo que não se pode esquecer é também de passar o filtro solar. Mas devo passar ambos ao mesmo tempo? Devo reaplicar de quanto em quanto tempo? Como fica isso?

APLIQUE EM TODAS AS ÁREAS DO CORPO

  • Você tem tela nas suas janelas, mas os pernilongos são ninjas e conseguem azucrinar sua vida à noite? Para evitar que a dengue, zika e chikungunya estraguem a diversão, o uso de repelente é fundamental. Aplique em todas as áreas que estarão expostas do corpo.

EVITE O USO INDISCRIMINADO DO PRODUTO

  • Não deixe nenhuma parte desprotegida, mas não precisa se banhar de repelente. Passar o produto mais vezes que o necessário pode trazer complicações à saúde em vez de 242protegê-la. Siga as indicações de uso do fabricante.

EVITE A REGIÃO DOS OLHOS, NARIZ E BOCA

  • Evite o contato do produto nos olhos, nariz e boca na hora de usar. Uma dica para passar no rosto, quando necessário, é passar nas mãos e aplicar ele na face do rosto. Uma dica: para o rosto, o ideal são os repelentes em gel.

QUE REPELENTES A OMS RECOMENDA?

  • Os 3 tipos de repelentes recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) são os que contêm como princípio ativo a Icaridina, DEET ou IR3535. Veja no rótulo para verificar se determinada marca possui um desses princípios ativos. Há ainda os repelentes naturais que, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), costumam ter seu efeito de repelir de curta duração.
Sugerimos também:  Como usar o protetor solar... e nunca mais esquecer!

GRÁVIDAS PODEM USAR REPELENTES?

  • Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), não há impedimento para a utilização deste produto por grávidas desde que a marca esteja registrada na Agência e que gestante siga as instruções

EVITE UTILIZAR O REPELENTE NA HORA DE IR PARA A CAMA

  • O atrito da pele com o lençol pode tirar a proteção do repelente. Além disso, o lençol funciona como uma barreira ao cheiro do repelente, que deve evaporar ao seu redor. Você supõe estar protegido e pode ser picado.

PERFUMES COSTUMAM ATRAIR OS MOSQUITOS

  • Uma dica interessante é evitar sabonetes, perfumes ou sprays de cabelo perfumados. Eles atraem insetos que irão atazanar sua vida.

BEBÊS COM MENOS DE 2 MESES NÃO DEVEM USAR REPELENTES

  • Nesse caso, a proteção com telas e mosquiteiros nos berços é a ideal. Alguns repelentes podem inclusive ser utilizados em telas e mosquiteiros.

ACIMA DESSA IDADE, O USO EM CRIANÇAS É LIBERADO

  • Pais e mães devem ler as instruções das embalagens dos repelentes infantis disponíveis para verem o tempo de atuação de cada um e as orientações para a faixa etária.

MAS TESTE O REPELENTE ANTES DE USÁ-LO NAS CRIANÇAS

  • Coloque uma pequena quantidade na dobra do braço da criança e espere algumas horas. Se ocorrer alguma reação na pele, cuidado, ele pode ser alérgico ao produto. Suspensa o uso e procure uma indicação de filtro com o pediatra.
Sugerimos também:  Como usar o protetor solar... e nunca mais esquecer!

LAVE AS MÃOS APÓS APLICAR O REPELENTE E LAVE AS MÃOS DO SEU FILHO

  • Lavar a pele de seus filhos com água e sabão para remover qualquer repelente quando eles retornarem dentro de casa, e lavar as roupas antes de usá-las novamente. E não custa lembrar que não pode dormir com o produto no corpo.

PODE USAR REPELENTE E FILTRO SOLAR AO MESMO TEMPO?

  • Não há perigo em usar os dois produtos simultaneamente. Para garantir o melhor resultado de ambos, aplique o protetor solar primeiro, espere 15 minutos para a fixação do produto na pele e, em seguida, passe o repelente.

PROTETOR E REPELENTE TÊM INDICAÇÕES DE REAPLICAÇÃO DIFERENTES

  • O filtro deve ser reaplicado a cada duas horas ou após cada mergulho na água enquanto o repelente, em geral, no máximo três vezes ao dia. O recomendado é reaplicar o protetor de preferência enxaguando bem o corpo com água doce depois de sair do mar e antes de passar o filtro e reutilizar o repelente no máximo mais uma vez enquanto estiver na praia ou piscina.

APLIQUE O REPELENTE NA ROUPA EM LOCAL DE MUITA INFESTAÇÃO

  • Dermatologistas explicam que mosquitos também conseguem picar através da camiseta, jeans ou canga de praia. Não é comum, mas, dependendo das circunstâncias, não há problema em aplicar também sobre as roupas. Só não é recomendável aplicar o repelente em tecidos sintéticos porque pode danificar a peça.

Colaborado por Lúcia Oliveira | Fique de Boa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui