Compartilhar seu rímel pode infectar o produto com bactérias

Compartilhar seu rímel pode infectar o produto com bactérias
Compartilhar seu rímel pode infectar o produto com bactérias

Cílios longos ou volumosos: qual é o efeito que o seu rímel tem que te dar? Gosto pessoal à parte, a máscara para cílios é item indispensável na maquiagem de muitas mulheres, mas o que poucas sabem é que o produto pede cuidados muito diferentes das outras maquiagens. Isso porque a textura deles é obrigatoriamente líquida e a aplicação feita bem próxima aos olhos. Ou seja, o rímel é um ambiente úmido, ideal para o desenvolvimento de fungos, bactérias e outros micro-organismos, e sua aplicação feita bem pertinho a uma das principais portas de entrada para infecções do nosso corpo.

Convencida de que os cuidados vão além de quão lindos seus cílios estarão? Então coloque em prática as oito dicas que damos a seguir e agregue saúde à sua beleza.

Se sua irmã, mãe ou filha costuma compartilhar a sua maquiagem ou sua amiga vive pedindo o rímel emprestado é hora de repensar. A dermatologista Carolina Marçom, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que se alguma delas estiver com alguma alteração na região dos olhos, como uma infecção por bactérias, por exemplo, ao mergulhar o pincel dentro do potinho ela dará origem a uma pequena colônia de micro-organismos na sua máscara. Nada agradável, não é mesmo? E nem adianta culpá-la, há casos em que alteração nem é visível e ela nem sabe que tem uma infecção.

Sugerimos também:  Cuidado com as calorias líquidas!

A dermatologista Gabriela Casabona, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, dá a dica para quem vai fazer a maquiagem no salão: “nesse caso o ideal é usar pinceis descartáveis”. E lembre-se, nada de mergulhá-lo novamente no potinho.

Também é importante ficar de olho no prazo de validade, três meses é o tempo de validade médio de um rímel. Depois disso a fórmula desestabiliza e as chances de crescimento de micro-organismos dentro do potinho é maior. Além disso, a dermatologista Carolina Marçom conta que é comum que esse item da maquiagem acumule sujeira. “Quem usa rímel transparente pode ver que depois de um tempo ocorre o acúmulo de sujeira, com a máscara de cílios preta acontece o mesmo, mas não conseguimos ver por causa da cor escura do produto”, explica

Para a higienização do pincel, não basta só limpar o pincel O pincel é só o meio de transporte da bactéria, a casa dela é mesmo o potinho de rímel. Além disso, a dermatologista Camila Hofbauer explica que, em geral, o pincel do rímel não necessita de higienização, ao contrário dos outros pincéis de maquiagem, que ficam expostos ao ar e devem ser higienizados a cada semana. Portanto higienizá-lo não vai te livrar de possíveis contaminações. Nesse caso, o melhor é descartar o produto e comprar um novo.

Não é nada fácil remover o rímel dos cílios – ele parece uma cola que gruda nos cílios. É errado tentar retirá-lo com água e sabonete (não vai adiantar nada) e muito menos esfregar para valer os cílios. “Isso pode gerar traumas nas pálpebras e quebrar os cílios”, explica Carolina Marçom. O ideal é usar um demaquilante bifásico específico para a região dos olhos. Por ser mais umectante, esse produto retira a maquiagem mais facilmente. Mas seja cuidadosa com a remoção, realizando movimentos leves para não agredir a região dos olhos.

Sugerimos também:  Conheça a melhor fruta para o emagrecimento e a redução do colesterol

Friccionar o pincel dentro do recipiente também é um erro, muitas mulheres fazem isso sem nem perceber: mergulhar o pincel num movimento de vai e vem constante dentro do recipiente antes de aplicar. O que esse hábito promove, na verdade, é a infusão de ar dentro do potinho. O resultado é que a máscara resseca mais rápido, e o efeito na maquiagem são aquelas bolinhas de tinta que se formam na extensão dos seus cílios.

Por fim, ás vezes economizar pode custar mais caro,existem máscaras para os cílios de todos os valores, mesmo as grandes marcas investem em produtos que caibam em todos os bolsos. “Essas marcas investem em pesquisas e testes que garantem a qualidade da maquiagem, por isso, o ideal é evitar o rímel de marca desconhecida”, recomenda Carolina Marçom.

Fonte Minha Vida | FiquedeBoa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui