Ejaculação Noturna: Atendendo à pedidos.

Bem pessoal, recebemos muitos emails com dúvidas sobre este assunto, portanto resolvemos escrever mais um pouco sobre ele. Suas dúvidas podem ser tiradas através do nosso fórum, e serão respondidas por especialistas na área.

A puberdade tem uma razão muito especial: preparar o corpo para as alterações que possibilitam a reprodução. Por isso, neste período, o acontecimento mais marcante para o garoto é a ejaculação! Ela significa que sua linha de produção de espermatozoides entrou em ação e, agora, ele é capaz de gerar um filho.

A primeira ejaculação é muito esperada pelos meninos. Na nossa cultura, ela simboliza a masculinidade. Enquanto ela não acontece, eles não sossegam. E mais: muitos meninos acreditam que quanto mais se masturbarem, mais cedo virá a ejaculação. Assim, não é incomum o garoto passar mais tempo no banheiro do que era o seu costume. Porém, para a tristeza da maioria, a masturbação não acelera o caminho natural de cada um. O menino só irá ejacular no seu momento, de acordo com a sua herança genética e seu desenvolvimento físico.

Polução noturna

A primeira ejaculação ocorre, em geral, durante a masturbação, mas também é muito comum ocorrer durante o sono. Neste caso é chamada de polução noturna. Polução noturna é a ejaculação involuntária que ocorre durante o sono. Quando a primeira ejaculação ocorre dessa maneira, pode deixar os meninos confusos. Ao se verem molhados, muitos garotos acham que urinaram na cama. Portanto, é tranquilizador para o adolescente informar que a polução noturna é natural, tanto na adolescência como na fase adulta.

Sugerimos também:  Polução Noturna: prazer durante o sono!

Durante o sono, passamos por vários estágios que vão do sono leve ao profundo. Neste processo, há um momento chamado de fase REM (Rapid Eyes Moviment, ou Movimento Rápido dos Olhos), em que podem ocorrer as ereções fisiológicas para oxigenar os tecidos do pênis. Se o homem tiver sonhos eróticos durante esse período, a polução noturna pode acontecer. É assim que o organismo “se livra” do excesso de sêmen acumulado.

Conversar sobre estes acontecimentos, contextualizando-os na função reprodutiva, ajuda o adolescente a lidar melhor com o seu corpo, as transformações pelas quais ele passa e a iniciar sua vida sexual com responsabilidade.

Nos homens adultos quase não acontece, excepto em períodos de abstinência ou quando a frequência do desejo no homem é muito maior do que o da sua parceira, pelo que, não se pode afirmar que “temos relações com frequência”; a frequência é definida pelos desejos de ambos os membros de casal, em muitos casos, um mais do que o outro, ainda que consigam controlar a situação com o tempo.

Sugerimos também:  Polução Noturna: prazer durante o sono!

Sugerimos a leitura também de: Polução Noturna: Prazer Durante o Sono e de Ejaculação Durante o Sono

Quando os testículos produzem os espermatozóides, estes vão-se acumulando nos epidídimos, canais diferentes; como se os testículos fossem a “fábrica” e os epididimos/canais diferentes, os “armazéns” de 3 a 5% do volume do ejaculado; 45 a 50% são produzidos e armazenados nas vesículas seminais e outros 45 a 50% na prostata. Quando os “armazéns estão cheios” enviam sinais ao cérebro e este aproveita a noite, quando há um menor controlo consciente, para produzir uma ejaculação, muitas vezes acompanhada de um sonho erótico.

Este tipo de situação pode ocorrer com maior frequência durante a adolescência, ainda que um homem possa ter episódios de ejaculação nocturna ao longo de toda a sua vida. A causa é sempre a mesma, demasiado esperma à espera de sair para o exterior.

Fique de Boa

5 COMENTÁRIOS

  1. Sempre achei que isso era coisa de adolescente… Mas como não tenhomuma vida sexual ativa…. Não como gostaria rsss… Isso ainda acontece as vezes

  2. Lá em cima diz que acontece por ter excesso armazenado, então se eu me masturbar ou ter uma relação sexual no dia não haverá polução noturna ??

    • Olá, qualquer prática que acarrete em ejaculação, terá como consequência o fim da polução noturna – que é uma reação reflexa a quantidade exagerada de líquido seminal armazenado.

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui