Iniciando a reeducação alimentar

Deza Gouveia - Fique de Boa

[intense_dropcap ]O[/intense_dropcap]lá amigos! Preparados para a primeira semana de reeducação alimentar? Eu estava! Afinal de contas, começar a perder peso era o que eu mais queria.

A meta inicial foi perder 5kgs em 15 dias. Detalhe, em pleno dezembro, cheia de confraternizações marcadas todas as semanas do mês.

> VEJA COMO TUDO COMEÇOU 

Para evitar deslizes ou faltas de treino, matriculei-me sem medo de sofrer no plano anual da academia, pois como ia ter que pagar, saindo do bolso dificilmente eu desistiria (hehe).

dza1

“Coloquei na minha cabeça que quanto mais exercícios… mais eu iria suar e mais rápido a banha sairia (isso é fato!)”

Então, decidi que começaria a frequentar TODAS as aulas da academia de segunda a sábado.

E, pra começar com tudo certo, era preciso agora mudar a dispensa e geladeira. A listinha de compras só continha coisas saudáveis. Frutas, verduras, queijos magros. Nada de alimentos em conserva. Cortei todo tipo de açúcar ou doce, refrigerantes, pães brancos e manteiga. O leite tinha que ser desnatado, 0% de gordura (aproveite esta dica e comece com essas pequenas mudanças, assim você já se sentirá no ritmo).

Sugerimos também:  Cinco dicas para almoçar no trabalho sem sair da dieta

Enlouqueci? Juro que não, pois eu queria muito mudar. Sacrifícios fazem parte para te testar e eu estava disposta a passar por tudo, desde que atingisse o meu objetivo.

Os 5kgs em 15 dias estavam ali na minha mente e as “cortadas” na alimentação tinham que ser feitas. Eliminei tudo que a Tharci me pedia. O pensamento firme em perder peso me ajudava a controlar a abstinência de algumas “porcarias”.

No começo fiquei perdida, ligava para a nutri sempre! E quando eu estava em algum lugar que não tinha alimentos da minha dieta (festinhas, por exemplo), eu fotografava a comida ou cardápio e mandava via whatsapp pedindo ajuda. Até hoje sou assim :p .

Lembro-me de uma confraternização onde existia uma mesa de doces, tortinhas e salgados. Eu pedi uma salada com DOZE camarões cozidos sem sal enquanto as amigas me ofereciam surpresa de uva e brigadeiros. Elas me olhavam como quem dizia “Dêza tá louca”. Mas eu estava mesmo! Louca para perder minha barriga, louca pra ficar linda no espelho.

Sugerimos também:  Carne de porco também aumenta o colesterol

Considero que quando mudamos para melhor, outras pessoas se incomodam e passam a nos criticar. ABSTRAIA. Você está na guerra para vencer.

Sei que, passar por um prato magnífico de lasanha e não poder comer uma colher de chá dela, realmente é difícil. O que eu fazia? Ia direto para as saladas. Quanto mais folhagens, mais satisfeita você fica, e eu não queria falhar!

A minha dieta andava comigo impressa em papel ou no celular para que eu me acostumasse. Assim, dificilmente eu erraria nas quantidades de comida.

SIM!Fui muito chata comigo! As pessoas comiam de tudo ao meu redor e eu saia de perto. Neste período inicial, ficamos meio anti social, mas é só por um tempo e depois, já reeducada, você até acha o máximo está no meio de tantas gordices e resistir.

Fique de Boa

3 COMENTÁRIOS

    • Oiii Juliani 🙂
      Ah sou mesma viu? Mas quer saber? Eu me incomodava tanto com minha aparência nas roupas apertadas que isso me fez ser mais forte. Minha barriga era meu pesadelo! Eu aposto comigo mesma que não vou sair da linha. Principalmente no inicio da reeducação pois é nesta fase que a gente precisa ensinar nosso cérebro (leia psicológico) a não SE SABOTAR 🙂
      É difícil mas não é impossível. É questão de adaptar às mudanças.

      Bigada por ter vindo aqui 🙂
      Beijooos

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui