Metais tóxicos são encontrados em batons

Metais tóxicos são encontrados em batons
Metais tóxicos são encontrados em batons

Em testes químicos realizados em marcas populares de batons e gloss labiais, pesquisadores encontraram metais tóxicos em quantidades que poderiam provocar problemas de saúde.

Em um estudo publicado na revista Environmental Health Perspectives, pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, mediram os níveis de chumbo, alumínio, cádmio, cobalto, cromo, cobre, manganês, níquel e titânio em 32 tipos de batons e gloss labiais usados com frequência por jovens asiáticas em Oakland, Califórnia.

Havia chumbo em 75% das amostras, sendo que metade apresentava concentrações acima do limite máximo recomendado pela FDA (a agência reguladora de alimentos e remédios dos Estados Unidos) em doces consumidos por crianças pequenas.

Sugerimos também:  Meditação faz bem para todas as idades

Segundo os pesquisadores, os níveis de chumbo não eram elevados para adultos, mas não há níveis seguros de exposição para crianças, que ocasionalmente brincam com produtos de maquiagem.

Ao analisar qual a quantidade de batom ingerida durante o uso constante, os pesquisadores descobriram que a aplicação rotineira de alguns produtos pode levar ao consumo excessivo de cromo, cádmio, alumínio e manganês.

O cádmio e o cromo são substâncias cancerígenas conhecidas, e a exposição excessiva ao manganês e ao chumbo pode provocar problemas neurológicos. A FDA não regula os níveis de metais em cosméticos, mas o estudo sugere que deveria.

“Nosso estudo era pequeno e utilizou produtos labiais identificados por jovens asiáticas de Oakland”, explica o autor do estudo, Sa Liu, em um comunicado à imprensa. “No entanto, os batons e gloss labiais são de marcas comuns, disponíveis em qualquer loja. Com base em nossas descobertas, é aconselhável a realização de uma pesquisa mais abrangente sobre produtos labiais e cosméticos em geral”.

Sugerimos também:  Você sabe o que é café verde? Ele emagrece!

Fonte Discovery Mulher| FiquedeBoa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui