Mitos e verdades sobre os Esteróides

Mitos e verdades sobre os Esteróides
Mitos e verdades sobre os Esteróides

Os esteróides anabolizantes continuam a ser utilizados em várias modalidades desportivas entre profissionais e amadores. O seu uso e abuso por atletas que tentam superar-se na sua modalidade, independente dos perigos que causam à saúde e aos númerosos avisos e informações feitas pelos órgãos regulamentadores, continua a ser praticado para se obter uma condição ou forma física maior do que a de uma maneira natural.

O risco está relacionado com acne, lesões do fígado e um aumento no risco de ataque cardíaco. Outros efeitos podem ser citados no homem como ginecomastia (desenvolvimento dos mamilos) e edema por retenção de sódio e água. Os riscos de problemas cardiovascular devem-se à diminuição do HDL (Lipoproteínas de alta densidade) ou o “bom” colesterol, e aumento no LDL ou o “mau” colesterol, em conjunto com hipertensão e mudanças no tecido muscular cardíaco.

Sugerimos também:  Treino funcional ou musculação? Descubra a melhor opção.

Outra consequência do uso são as alterações de comportamento (Agressão, dependência física) e a diminuição na capacidade imunológica. Também estão presentes mudanças no sistema reprodutor como redução dos testículos, número de esperma, mobilidade e diminuição nos níveis de testosterona endógeno e outros hormônios sexuais.

Os efeitos do uso de esteróides são irreversíveis nas mulheres como irregularidades e amenorreia (ausência do ciclo menstrual), aumento do libido, agressividade, acne e diminuição da função imunológica. As mulheres também podem adquirir doenças cardiovasculares.

O abuso no uso de esteróides já produziu várias mortes entre atletas, que podem ter sido causados por tumores e ataques cardíacos é neste sentido que se deve cada vez mais regulamentar a venda destas substâncias nas farmácias, não permitir o tráfico nas fronteiras e também através de campanhas de orientação nos diversos segmentos desportivos.
Afinal, a ética e o espírito desportivo são os maiores responsáveis pelo incentivo que leva milhares de jovens à pratica desportiva e ao interesse de, através do treino, chegar um dia ao topo.

Sugerimos também:  Diferenças entre Pilates e musculação

Fonte TáSaúde | FiquedeBoa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui