Quais comidas duram mais sem estragar?

Quanto menos água no alimento, mais tempo demora para o apodrecimento

Não existe um ranking de durabilidade dos alimentos, mas a regra é que quanto menos água tiver o alimento, mais tempo ele demora para apodrecer.

“Os alimentos mais secos inibem a atividade da água dentro das células e, assim, reduzem o crescimento de bactérias que estragam o alimento”, diz a nutricionista Vanderlí Marchiori.

Enquadram-se nessa categoria, por exemplo, o mel, os cereais (como arroz, farinha e feijão), as frutas secas (como as uvas-passas) e as carnes salgadas (como as carnes-de-sol). Eles são considerados não perecíveis, porque só estragam depois de três a quatro meses fora da geladeira.

Do outro lado da escala de durabilidade encontram-se os alimentos perecíveis, que não duram mais de uma semana dentro da geladeira, e no meio do caminho, há os semiperecíveis, com limite de um mês em ambiente refrigerado.

Sugerimos também:  Descubra algumas coisas que você come sem saber

A geladeira pode aumentar a vida útil de um alimento: assim como a falta de água, a baixa temperatura inibe a reprodução das bactérias.

A embalagem (alumínio protege mais do que plástico), o processo de fabricação e os conservantes também influenciam a duração.

Fique de Boa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui