Transpiração em excesso: o que fazer?

A doença do suor em excesso, conhecida como hiperidrose, é comum na vida de muitas pessoas e costuma causar desconforto, pois ocorre uma transpiração excessiva em partes do corpo como axilas, mãos, pés, couro cabeludo e virilhas.

Isso pode ser um grande problema, pois uma pessoa com hiperidrose pode ficar com complicações psicológicas, devido à vergonha causada pelo suor excessivo. Dessa forma, ela pode passar a se excluir do ambiente social e ter problemas de relacionamentos.

Segundo o cirurgião Juliano Mendes de Souza, do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), as pessoas ficam constrangidas ao cumprimentar os outros com as mãos molhadas e possuem dificuldades no trabalho ao utilizar ferramentas que escorregam. “Em situações de tensão, as mãos suam tanto que chegam a pingar”, comenta.

O suor é muito importante para o organismo, pois uma de suas funções é controlar a temperatura corporal, principalmente quando estamos em atividades físicas intensas ou com calor em excesso. Porém, a partir do momento que as glândulas sudoríparas começam a trabalhar em um ritmo fora do normal, ocorre o suor em excesso e o problema deve ser investigado.

Sugerimos também:  Saiba como prevenir e a tratar os cabelos envelhecidos

Uma das causas da doença é o funcionamento inadequado de parte do sistema nervoso, que leva as mensagens do cérebro para as glândulas de suor, fazendo o organismo transpirar mais. Outro fator é a tendência genética. Se um membro da família possui o problema, é comum que o restante também tenha. Além disso, a transpiração em excesso pode ser consequência de um quadro de estresse, menopausa, ou até mesmo ingestão de algum medicamento.

Dicas para combater o suor

Usar roupas leves e largas, em tecidos como algodão, seda ou linho, pois eles absorvem a umidade de uma melhor forma
Evitar sapatos plásticos, que podem aumentar o suor e causar mau cheiro nos pés
Lavar as regiões com frequência para evitar a proliferação de bactérias e eliminar o suor
Secar bem as axilas após o banho
Utilizar desodorantes antitranspirantes, que ajudam a reduzir a produção de suor
Utilizar talco para remover a umidade dos pés

Sugerimos também:  Cuidados da pele com sardas

Tratamentos para combater o suor em excesso

Existem alguns tratamentos que ajudam a evitar a transpiração excessiva da pele. Para isso, você deve procurar um especialista para descobrir qual o melhor para o seu caso. Os tratamentos vão desde aplicações de cremes e comprimidos tomados regularmente, até aplicações de botox, que ajudam a resolver o problema.

Porém, o efeito do botox dura em torno de quatro meses e, após esse período, os sintomas voltam. Para resultados definitivos, é recomendada a cirurgia, que pode ser feita em pessoas maiores de nove anos de idade. “O resultado da cirurgia é percebido rapidamente e a cura do problema se aproxima de 100%”, garante o cirurgião Paulo Boscardim, também do HNSG.

Fonte Imulher| FiquedeBoa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui