Verdades e mentiras sobre a água e sua saúde

Verdades e mentiras sobre a água
Verdades e mentiras sobre a água

Muito se fala sobre os mitos e verdades que rondam a ingestão de água. Muitas das ideias que existem, no entanto, são errôneas, como a afirmação de que não se pode beber água durante as refeições ou que a água com gás poderia causar celulite. Confira algumas afirmações corretas e falsas sobre o líquido essencial para a vida.

1. Água gelada queima calorias e emagrece?

MITO: A temperatura da água não tem relação com o balanço energético do corpo. “Só emagrece se a água substituir algum alimento calórico da dieta”, explica o nutrólogo Carlos Alberto Werutsky, diretor da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

2. Tomar água em jejum emagrece?

MITO: Isso só acontece se a água estiver substituindo as calorias do café da manhã, mas vai depender do que a pessoa ingerir no restante do dia também. Essa prática, porém, não é saudável e é condenada pelos médicos. “Estender o jejum noturno (não tomar o café da manhã) é contraindicado mesmo para quem faz dieta de emagrecimento”, explica Werutsky.

Leia também: Beber água guardada por muito tempo: pode?

3. Água com gás engorda igual refrigerante? É o gás que causa celulite?

MITO: A água mineral e os refrigerantes diet/light/zero não possuem calorias, portanto o gás carbônico da água dos e refrigerantes não gera calorias e nem são responsáveis pelo aparecimento da celulite. “Aliás, pela quantidade de gás carbônico que produzimos a cada dia no nosso metabolismo (e que expulsamos pelos pulmões), seríamos só celulite, caso isso fosse real. O açúcar do refrigerante comum é que gera calorias”, explica o nutrólogo.

Sugerimos também:  Maquiagem à prova d'água

4. Beber água durante a refeição atrapalha digestão?

PARCIALMENTE VERDADE: Depende da quantidade de água que for ingerida. “Até 500 ml de água pode não prejudicar a absorção dos nutrientes, mas, se for pensar em dois litros durante a refeição, seguramente causará uma ‘avalanche’ nas enzimas digestivas e prejudicará a absorção dos nutrientes”, explica o diretor da Abran. Portanto, não ultrapasse os dois copos desse líquido durante uma refeição.

5. Beber água faz bem para a pele?

VERDADE: Todos admiram uma pele macia, hidratada, viçosa. Mas se esquecem de que a água é um fator mais do que fundamental quando se trata de uma pele bonita, pois a hidratação da pele depende da hidratação adequada de todo o corpo, que é obtida por meio da água. “Não adianta usar cremes hidratantes sem que o corpo esteja hidratado adequadamente por meio da água”, explica Werutsky. As mulheres devem beber cerca de 2,5 de líquidos diariamente e os homens necessitando de um pouco mais: cerca de 3,5 litros.

6. Devo beber água mesmo sem ter sede?

VERDADE: “A rigor, sim”, explica o nutrólogo. “Os idosos, por exemplo, têm a percepção de sede diminuída com a idade”. Isso não significa, porém, que podem beber menos água. A hidratação, mesmo sem sede, é importante.

Sugerimos também:  Conheça mais sobre a reflexologia

7. O sódio proveniente da água mineral é motivo de preocupação para hipertensos?

MITO: A água mineral das fontes brasileiras tem baixo teor de sódio, e, de quebra, contém potássio, que é bom para o hipertenso. O potássio ajuda na eliminação do sódio do organismo.

8. Água mineral estraga?

VERDADE: Por mais que a embalagem de plástico seja estéril, ela contém oxigênio e água. Isso já é o suficiente para a reprodução de seres vivos. É por isso que o recipiente vem com prazo de validade.

9. Beber muita água faz bem ao organismo? 

MITO: O excesso de água (acima das recomendações de 2,5 litros/dia para mulheres e 3,5 litros/ dia para homens em clima ameno) não é recomendado. “O excesso dilui o sódio do organismo e pode trazer risco para a saúde”, explica o nutrólogo.

Leia: 6 sinais de que você está desidratado

10. A água mineral é limpa e segura?

VERDADE: Ela é extraída naturalmente da fonte, já vem potável e sem sofrer contaminação, como pode acontecer com a água dos rios e lagos. “É isenta de microorganismos e de baixos minerais, ou seja, só contribui para o equilíbrio salino do organismo, sem oferecer riscos de sobrecarga de minerais”, explica o médico.

Fonte: IG | Fique de boa

RESPONDER

Por favor escreva seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui